Considerações

         Nos últimos meses, saíram algumas notícias relacionadas ao esperado quarto CD do Coldplay. No entanto, muitas delas não são confirmadas, não passando de mera especulação.

             Recolhi as informações que pareciam mais importantes, com especial destaque àquelas que têm fonte mais segura (pessoas próximas à banda, entrevistas com os integrantes etc). Incluí também breves resumos dos relatos sobre o trabalho envolvido na composição do álbum que saíram no site oficial, agrupando-os por temas e buscando não ser extremista, já que confirmações só virão com o próprio lançamento do CD.

Prospekt?

          Prospekt tem sido amplamente utilizado para fazer referência ao novo trabalho do Coldplay.  Nada surpreendente, uma vez que a palavra tinha presença garantida no fim de qualquer relato do coldplay.com sobre o que acontecia durante as gravações. Contudo, é importante lembrar que outros nomes como 42 e A New Finding foram igualmente cogitados para batizar o álbum. Da mesma forma, a confirmação do título só virá com notícias mais consistentes e confiáveis ou talvez só com o lançamento.

             De qualquer forma, ao contrário do que alguns afirmaram, o autor de tais registros não é Chris Martin ou qualquer outro membro da banda. Trata-se, na realidade, de uma pessoa próxima, também envolvida em suas últimas atividades, como reuniões acerca do álbum que sucederá X&Y, além da reformulação da página do Coldplay na Internet.

               É essencial ressaltar ainda que Prospekt sempre faz referências à banda, a Brian Eno e Markus Dravs na terceira pessoa e auto-caracterizou-se como alguém que confirmadamente não é músico (como afirmou no registro de 5 de setembro de 2007).

Coesão e unidade

          “Coldplay não é uma banda de um homem só”. Essa frase, uma das mais espirituosas do Will, se confirma, não obstante as insistentes afirmações do contrário, sempre que os quatro membros da banda se reúnem, seja diante de uma platéia numerosa, seja no pequeno estúdio ou nas igrejas que serviram de palco para a gravação do trabalho mais recente da banda: Não é simplesmente talento individual, mas coesão como grupo e sucesso conjunto  (coldplay.com :: 05/09/2007).

21 de setembro, sexta-feira

Londres

Esse é o álbum que eu sempre sonhei que eles fariam. É a melodia de uma banda fazendo sua própria força vir à tona; a música de quatro homens com total confiança em si mesmos e em cada um de seus companheiros.

É o som de um compositor no auge de suas habilidades. Lírica e melodicamente, Chris parece ter vencido as limitações do passado. Há uma nova confiança para romper as fronteiras do conhecido e do cômodo; uma urgência em explorar e descobrir. Sua energia é contagiante – às vezes, intimidante. Uma explosão avassaladora de amor, paixão e fúria; um verdadeiro apetite pela vida, devorando avidamente cada segundo dos dias, em sua maior expressão. Ele sabe que o tempo urge.

Jonny, da mesma forma, explorou um desconhecido universo de sons, criando um mundo novo para cada música. Sua guitarra se faz presente no álbum inteiro. Will manipulou, combinou e uniu batidas para produzir ritmos que não apenas acompanham as músicas, mas essencialmente as conduzem. Guy – autoridade musical da banda, constantemente a orientando- guiou e influenciou todo o processo. Sempre exigente, não titubeou quando controlar a situação se fez necessário.

Os quatro juntos têm uma unidade fantástica e esse novo trabalho fará com que eles sejam guardados na memória de todos.

Prospekt

Jura?

            De acordo com o site oficial, o novo trabalho do Coldplay provavelmente contará com 9 músicas e cerca de 42 minutos de duração. O trabalho tem sido dividido também pelos produtores Brian Eno e Markus Dravs.

              No começo de janeiro, uma notícia, considerada bombástica por muitos, “revelou” o possível repertório do quarto CD, sem levar em consideração, no entanto, que essa informação já havia sido “vazada” no próprio site da banda, em 5 de setembro de 2007: Lost!, Cemeteries of London, Violet Hill, Poppy Fields, 42, Yes!, Leftrightleftrightleftright, Rainy Day.

 Image and video hosting by TinyPic

             No mês seguinte, (26 de outubro), Glass of Water e Famous Old Painters foram anunciadas e Propekt’s March foi adicionada em 6 de dezembro, completando lacunas.

Nada de maracas ou castanholas…

24 de Julho de 2007

Temos viajado com pouca bagagem: um violão, alguns microfones, um laptop e fones de ouvido. Estamos gravando em Barcelona, indo de igreja em igreja e nos instalando onde é possível: em frente ao altar, debaixo do púlpito. Estivemos tocando aos pés dos arcanjos. É uma cena peculiar: santos deitam um olhar indiferente sobre quatro irrequietos músicos reunidos em torno de um único microfone, cantando bem alto enquanto o som de guitarras reverbera pelas paredes.

Eles estão trabalhando no ‘backing vocal’. Brian Eno freqüentemente se une ao grupo – cantar é um de seus maiores prazeres. Markus desenvolve as gravações em seu computador, exigindo incontáveis reformulações antes que fique satisfeito.

O panorama, sons e sabores da América Latina e da Espanha definitivamente ganharam o álbum. A banda visitou Argentina, Chile, Brasil e México no início do ano. Posteriormente, Chris voltou com a idéia de gravar na Espanha. A música e as letras começaram a refletir uma forte temática hispânica. Nem maracas, nem castanholas, mas sim a vitalidade e o colorido da atmosfera de Buenos Aires e de Barcelona. O efeito é sutil, mas importante.

Prospekt

             Somamos a isso o vídeo adicionado ao site oficial no dia 7 de novembro de 2007 que parece dar pistas das novas influências do Coldplay, com Will dizendo “Viva la vida”. Além dos integrantes da banda, marcam presença também outras pessoas, ainda não identificadas.

Image and video hosting by TinyPic

Tratamentos alternativos?

             Além dos ritmos latinos, a banda também recorreu à hipnose para buscar mais fontes de inspiração:  “Temos a sensação de que temos muito a provar. Temos tantas idéias. Às vezes, é necessário um hipnotizador para lhe dar a coragem para concretizá-las. É para experimentarmos qualquer coisa sem preocupação. Como resultado, escrevemos um bom material.” (depoimento de Chris Martin, segundo o News of the World)

Espero que essas informações sejam de alguma forma esclarecedoras. Senão, que tenham pelo menos servido para agüentar a longa espera… Em breve, o blog será atualizado com mais notícias 😉

Thanks a million for MyColdplay, WikiColdplay and Coldplaying.com, who have always provided fans from all over the world with Coldplay news. I do apreciate your organization and commitment, essential for making Stormy Haze.

Anúncios
  1. CriS_SantoS
    21 Janeiro, 2008 às 6:58 am

    Su, vc é uma menina fenomenal! Tem um futuro brilhante batendo à porta e torço pra que tenhamos um quarto álbum fantástico para ser trilha sonora à altura da grandeza de sua nova jornada! Sucesso no blog, começou muitíssimo bem =)

    Beijão! =*

    ^^

  2. Vagner
    21 Janeiro, 2008 às 11:17 am

    Belo trabalho Su!

    “Viva la vida” não foi o Chris que falou?

  3. stormyhaze
    21 Janeiro, 2008 às 3:09 pm

    *-* Nossa, Cris! Muitíssimo obrigada pelos seus comentários! Me animaram bastante!

    Obrigada, Vagner^^ Então, “falar” mesmo foi o Will, quase no final do vídeo 😉

  4. Scientist
    21 Janeiro, 2008 às 5:06 pm

    Suu!!
    LINDO, perfeito, td as noticias, td mesmo…
    Adorei, vou colocar nos favoritos quando chegar em casa, com certeza!!
    Beijo!!

  5. stormyhaze
    21 Janeiro, 2008 às 5:07 pm

    Muito obrigada, Scientist^^

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: