Início > 4º Álbum, Lost! (in translation), Uncategorized > Você não viu nada, ainda…

Você não viu nada, ainda…

A MTV News, tendo conferido o novo disco do Coldplay, aproveitou a ocasião do lançamento mundial de Violet Hill,  e nos dá um registro marcado pela sinestesia e por relações inusitadas.

Novo single do Coldplay: leia sobre Violet Hill antes de baixá-la na terça-feira

A faixa evolui do som impetuoso de guitarra para um vocal velado, entrevendo o restante do som envolvente do álbum.

 Por James Montgomery

            Enquanto decorre a terça-feira (29 de abril), você saberá do que estamos falando. Será o momento em que o Coldplay disponibilizará Violet Hill – a primeira música de trabalho de Viva la Vida or Death and All his Friends – em seu site oficial, para baixar gratuitamente. Tal evento está marcado para acontecer […] [às 8h15, pelo horário de Brasília] o que é incomum para uma banda desse porte, para não mencionar […]. E, enquanto aplaudimos tão bem pensada atitude, imaginamos que os fãs não estão dispostos a esperar até terça para conhecer Violet Hill. Logo, antecipamos nossas impressões neste mesmo instante.

            E não, nós fizemos nenhum acordo com a Capitol Records. Mais precisamente, [esta resenha] é resultado do privilégio que a MTV News teve por poder escutar a faixa, na semana passada (bem como o restante do álbum), na central da EMI, em Nova Iorque. Não temos a permissão de escrever sobre o disco completo ainda (nem é preciso dizer que o sigilo é absoluto), mas cremos que este é o momento mais apropriado para dar de bandeja alguns detalhes de [Violet] Hill.

            Temos plena consciência de que ler sobre uma canção não se compara a de fato ouvi-la, mas o que mais você fará nas próximas estranhas [e longas] horas [de espera]?

            Violet Hill é inaugurada com os sussurros nebulosos da guitarra e do sintetizador, um clamor resguardado que emerge de um corredor estreito e lentamente preenche o amplo espaço, construindo uma muralha de sonoridades translúcidas e alvas (essa é uma temática comum em Viva) que evolui para massivas – no entanto mínimas – proporções (outro tema), antes de ter início o vocal penetrante de Chris Martin, com seu falsete encantador, rememorando: a long and dark December/ From the rooftops I remember there was snow [numa tradução livre: longo e negro dezembro/ lembro que nos telhados havia neve].

            A partir daí, a música desloca do desnorteio à intempestividade, graças a vigorosos acordes de piano e guitarra. É uma mudança surpreendente que lembra tanto os momentos iniciais de Politik como os momentos mais extravagantes e teatrais do Queen. Esse “momentum” vai se edificando até Jonny Buckland introduzir um solo sinuoso […] mais contínuo, mais sensual e, ousamos dizer, lembrando características do Maroon 5, com os sussurros de Martin concluindo-o: If you loved me/ Why’d you let me go?

            Os ardis não param por aí, enquanto a banda retoma seu empreendimento – batidas rápidas e violentas novamente – antes de a muralha de sons partir-se e tudo o que nos restar é Martin e seu piano, sua voz serena e ofegante, implorando mais uma vez (para seu presumivelmente ausente) amor: If you love me/ Won’t you let me know. […]. Então, a canção parte para os momentos derradeiros, tão silenciosamente quanto os iniciais.

            Ressaltamos: não estamos autorizados a dissertar longamente sobre Viva la Vida ainda, mas podemos afirmar que, se você gostar de Violet Hill, então amará o álbum inteiro. Se você odiá-la, as chances de, ainda assim, adorar todo o disco também são consideráveis. [Violet] Hill é um forte indicativo dos atributos do CD produzido por Brian Eno e, ao mesmo tempo, é diferente do que qualquer outra coisa do álbum […]

            Confuso? Você não viu nada, ainda…

Fonte: Coldplaying.com/forum

Anúncios
  1. Lipe "Hill" Wave
    28 Abril, 2008 às 11:57 pm

    Não sei q trabalho de marketing é esse…

    mas .. ESSE CD SERÁ (É) PERFEITO… INCRÍVEL

    [ Se de Violet Hill, então amará o álbum inteiro. Se você odiá-la, as chances de adorar todo o disco também são consideráveis (…) Confuso? Você não viu nada, ainda… ]

    A MTV falando isso???
    realmente…
    ou estou ficando maluco..
    ou ESSE CD SERÁ (É) PERFEITO… INCRÍVEL!!

    “VIVA LA VIDA”

  2. Filipe
    29 Abril, 2008 às 6:58 pm

    “Se de Violet Hill, então amará o álbum inteiro. Se você odiá-la, as chances de adorar todo o disco também são consideráveis (…) Confuso? Você não viu nada, ainda…”

    REALMENTE, eu já amo o albúm antes de ouvi-lo [:D]

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: