Início > Uncategorized > Viva El Coldplay [artícolos]

Viva El Coldplay [artícolos]

Matéria do jornal chileno “El Mercúrio”:

Coldplay confessa influências latinas em seu álbum

“Viva la vida or death and all his friends” está no topo do ranking da Inglaterra e dos Estados Unidos.

NOVA IORQUE – Faltam algumas horas para que o Coldplay suba aos palcos de um Madison Square Garden repleto de fãs e dois de seus membros fundadores já estão prontos para a batalha. O vocalista Chris Martin e o guitarrista Jon Buckland já vestiram seus uniformes, os quais, assim como disco, evocam a Revolução Francesa. No terceiro dos shows com que decidiram presentear seus fãs (os anteriores foram em Londres e em Barcelona), os músicos foram à cidade de um jornalista (Jon Pareles, do “New York Times”) que os tacharam como “a banda mais insuportável da década. Martin, no entanto, acha o comentário simplesmente fantástico.

“Nos fez muito bem”, disse antes de sorrir e piscar os olhos azuis. “Se não fosse esse artigo, também não teríamos nos esforçado tanto para fazer esse disco”. As palavras do vocalista vêm pintadas com as cores do implacável sarcasmo britânico. Isso se repete quando pedem que Martin diga algumas palavras às pessoas que os acompanham (não escutem o que eles têm a dizer, pois são só idiotices) ou quando é indagado sobre seus gracejos (“Olha, cresci na Inglaterra, onde te ensinam que o correto é sentir-se mal consigo mesmo”).

Porém, o momento para o Coldplay é luminoso. Seu disco é o mais bem-sucedido do momento, com o número 1 nos Estados Unidos e na Inglaterra como prova disso. Isso foi alcançado com um título e trabalhos artísticos que evocam a América Latina. E não somente em função do título do álbum, retirado de uma pintura de Frida Kahlo, quando a banda esteve no México. Segundo Martin, a turnê que os [trouxe aqui] em 2007 representou uma mudança de direção.

“A cor e a vida que o álbum tem foram inspirados diretamente por viajar por Brasil, Chile, Argentina e México. O público desses países é muito mais intenso, o que nos fez sentir mais entusiasmados”.

Todavia, preciso na definição do lugar que ocuparão do panteão britânico do rock, Martin volta ao seu humor de pub: “Definitivamente estaremos no fundo, mas num fundo atraente”.

Fonte: Coldplay Chile

Visitem também o blog chileno para mais alguns scans de outros artigos, também em espanhol:

Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. CriS_SantoS
    29 Junho, 2008 às 6:32 pm

    “O público desses países é muito mais intenso, o que nos fez sentir mais entusiasmados” =D =D =D

    Coldplay Chile rocks xD

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: